Esse post já é, por si só, uma consultoria contábil que vai fazer você deixar de se escorar na desculpa da crise e vender lenços enquanto todos choram

Temos certeza que você não é uma pessoa alienada e que está a par do noticiário atual, portanto, entende que o que mais tem se falado nos últimos anos na mídia brasileira é sobre crise financeira. É claro, estamos em recessão e isso é evidente, mas isso também é usado como muleta para muitas empresas justificarem o seu desempenho negativo e as demissões em massa. A consultoria contábil é um tipo de serviço prestado por contabilidades que tendem a crescer muito em tempos de recuperação e reposicionamento das empresas.

Fazer a leitura de como o mercado se apresenta e enxergar os sinais da sua recuperação é tarefa muito complicada, e um profissional capacitado justamente em fazer essa consultoria contábil vale ouro atualmente. Em tempos de especialistas de Facebook, é muito importante que a sua empresa se posicione na contramão, zele pelos serviços de contabilidade e tenha profissionais em sua consultoria contábil, e essas ações será de grande valor para a sua empresa não ser assim tão afetada pela famigerada crise.

Ficamos muito reticentes quando vemos que na medida em que a crise é justificativa para tanta coisa negativa o novo HRV da Honda possui uma lista de espera de quatro meses para a sua compra. Afinal, crise para quem? Embora o cenário não seja dos mais otimistas, empresas como a Magazine Luiza, por exemplo, já anunciaram que as expectativas de lucro se mantém esse ano. E o que isso significa? Que há uma consultoria contábil por trás que após todos estudos financeiros garantiu esse resultado, para que tal declaração oficial não vire meme.

O trabalho da consultoria contábil consiste em duas etapas: a primeira, estudar o mercado e saber até onde a empresa pode chegar, prevendo todas as hipotéticas situações. Já a segunda, estipular, dentro da realidade da empresa, ações e métodos para que ela venha se posicionar na contramão das adversidades.

Você tem duas opções: confirmar o que o mercado diz, ter um pensamento derrotista, refletir esse pensamento a suas ações e se debruçar na muleta da crise ou decidir não entrar na crise, se reposicionando, se reinventando, mudando. Afinal, se a vida te der limões, é pra se fazer uma limonada, e não ficar azedo.

Se você parar no tempo, é claro que você tende a perder clientes, agora, o seu reposicionamento te leva a manter esses clientes, e mais, conquistar outros. Certa vez, Albert Einstein disse: “Insanidade é fazer sempre as mesmas coisas e esperar resultados diferentes”. Ao partir para essas ações, você vai movimentar o mercado e contribuir com que a crise não atinga a sua empresa, fazendo diferente e tendo resultados diferentes.

Lembre-se que, apesar dos pesares, você precisa do seu concorrente e o seu concorrente precisa de você para fazer o mercado girar. E a crise financeira afeta o mercado como um todo, por isso o trabalho da consultoria contábil está tão em voga, porque uma empresa que pensa diferente já desafoga o mercado e faz com que as outras se movimentem. Está aí as benesses do livre mercado.

Fale Conosco

Ligue para nós
Responda para Validar: 6 + 20 =