É muito evidente a liberdade que um profissional autônomo possui. Essa profissão permite a flexibilidade em horários, poder de organizar suas tarefas como julgar necessário e poder trabalhar como home Office (em casa), o que é o sonho de muitas pessoas. Mas, mesmo assim é preciso se preocupar, pois o INSS é uma forma de se assegurar em diversas situações.

Deseja saber como pagar o INSS como autônomo? Explicaremos aqui neste artigo!

Importância do INSS mesmo sendo profissional autônomo

Sabemos que os autônomos são liberais, mas é preciso se preocupar com a aposentadoria, pois se não contribuem com o INSS não podem receber seguros em casos de acidente que o impossibilite de trabalhar e nem a aposentadoria ao atingir a idade necessária para tal.

Desta forma, é essencial que as pessoas que trabalham como profissionais autônomos saibam da possibilidade de pagamento do INSS e seus benefícios, pois este além de fornecer ao segurado uma fonte de renda na aposentadoria, permite acesso a diversos outros benefícios, como auxílio doença, auxilio maternidade, auxilio paternidade, auxilio acidente, auxilio reclusão, salário família, pensão e auxílio defeso.

Como realizar o pagamento do INSS de forma autônoma?

O pagamento é mais simples do que parece e não exige tanta burocracia. Apenas com 4 passos é possível dar entrada no procedimento e começar a pagar o seu INSS como trabalhador autônomo.

Inscrição

Primeiro é necessário realizar a sua inscrição no PIS (Programa de Integração Social), a inscrição pode ser realizada através da internet;

Se já teve registro na CTPS (Carteira de trabalho), não é preciso se inscrever novamente. Basta usar o número do PIS já existente.

Via Jornal Contábil

Fale Conosco

Ligue para nós
Responda para Validar: 3 + 19 =